Estudo 10

O ESPÍRITO SANTO E OS MILAGRES

 

O Espírito Santo é Deus, e por isso, é onipotente. Por ser onipotente, ele realiza milagres e maravilhas. Hoje vamos analisar alguns episódios no livro de Atos, em que Ele realizou sinais e prodígios por meio dos cristãos.

 

  1. O milagre da pregação (Atos 2:37-41)

 O Espírito Santo agiu milagrosamente, por meio da pregação da Palavra, primeiramente na vida de Pedro. Na ocasião da prisão e da morte de Jesus, ele o havia negado, dizendo: … não conheço esse homem (Mt 26:74). Mas, após o derramamento do Espírito, passou a pregar ousadamente (At 2:14). Em seguida, o Espírito usou o milagre da pregação para convencer a multidão: … compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? (At 2:37). A pregação atingiu o coração daquelas pessoas e elas aceitaram a Palavra, receberam o batismo, e a igreja de Cristo cresceu extraordinariamente.   

 

  1. Não temos ouro nem prata… (Atos 3:4-6)

 Pedro e João serviram a obra de Deus, apesar dos poucos recursos. Usavam o evangelho para servir os necessitados, não para usurpar os abastados. Não possuíam ouro nem prata, mas haviam recebido autoridade do Espírito Santo para, em nome de Jesus, curar as pessoas. O paralítico pediu esmola, mas esta não supriria a sua necessidade. Cristo o presenteou com algo maior! Ele foi curado e passou a andar. Mais que isso, fez algo que nunca antes havia experimentado: saltou radiante! O Espírito Santo nos usa para servir não aos desejos, mas às suas necessidades humanas. A limitação de nossos recursos não pode impedir a ação poderosa do Espírito.   

 

  1. Sinais e maravilhas em Samaria (Atos 8:5-8)

 O Espírito Santo também agiu fora dos limites da cidade de Jerusalém. O evangelho logo passou a ser anunciado em Samaria, cidade composta de pessoas de etnia mista, consideradas rivais dos judeus. No poder do Espírito, Filipe testemunhou de Cristo aos samaritanos e eles creram. Eles ouviram a Palavra e viram o efeito que ela provoca: … os espíritos imundos de muitos possessos saíam gritando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados (At 8:7). O evangelho deve ser ouvido e visto. Sinais e maravilhas podem ser operados pelo Espírito Santo. Por meio deste, pessoas são libertas e curadas, e a alegria se torna generalizada.  

 

  1. Algemas caem e portas se abrem (Atos 12:6-12)

 Pedro estava marcado para morrer. O corredor da morte o aguardava. Herodes havia mandado prender e maltratar alguns cristãos, mas Pedro era um troféu que ele almejava oferecer aos judeus inimigos do evangelho (At 12:1-6). Que tal fugir? Impossível! O fiel apóstolo estava preso com cadeias, entre dois soldados armados e treinados, sem contar as sentinelas que guardavam a porta do cárcere. Mas o que parecia impossível aconteceu. O anjo do Senhor livrou Pedro das cadeias que o prendiam e o libertou do cárcere. Pedro foi salvo da morte por um milagre divino.     

 

  1. Enquanto oramos e cantamos (Atos 16:25-26)

Seus corpos estavam marcados por açoites; suas vestes, sujas de sangue. Como bandidos, foram lançados no cárcere. Paulo e Silas, aparentemente, não tinham motivo para outra coisa, a não ser lamentar e murmurar. Contudo, agiram diferente: oravam e cantavam louvores a Deus, estimulando a audição dos outros prisioneiros. E o milagre aconteceu: um terremoto sacudiu os alicerces da prisão, as portas se abriram e as cadeias se romperam (At 16:26). Paulo e Silas cantavam e oravam porque maior é o que estava neles. Eles tinham o Espírito Santo! Maior que os açoites que nos ferem, que as cadeias que nos prendem e que a prisão que nos limita é o Espírito que nos surpreende! 

 

  1. Milagres extraordinários em Éfeso (Atos 19:10-13)

O Espirito Santo confirmou o trabalho missionário de Paulo, em Éfeso, por meio de milagres extraordinários. A palavra pregada pelo apóstolo, no período de dois anos, naquela cidade, era acompanhada por fenômenos sobrenaturais: enfermos eram curados e possessos eram libertos; até os lenços e os aventais de Paulo eram utilizados na realização de milagres. Qual o resultado da operação do Espírito naquele lugar? Conversão: muitos creram em Jesus e confessaram seus pecados; renúncia: muitos mágicos queimaram seus livros de magia; crescimento: a Palavra do Senhor se expandia de maneira poderosa.   

 

  1. Socorro em meio à tormenta (Atos 27:22)

Outro grande milagre é narrado no livro de Atos. Paulo foi levado como prisioneiro em um navio com destino a Roma. A embarcação, porém, foi açoitada por um tufão de vento, chamado Euroaquilão (At 27:14). Cargas tiveram de ser lançadas ao mar, para aliviar o navio. Por dias, os tripulantes enfrentaram grande tempestade, e o desespero tirou-lhes a fé na sobrevivência. Porém, Paulo os aconselhou a terem bom ânimo, pois Deus não os deixaria morrer, e todos chegaram a salvo na ilha de Malta. Na tormenta, o Senhor nos socorre. Por isso, não podemos perder o ânimo, nem nos entregar ao desespero. A tormenta não decide os rumos da nossa vida, mas, sim, o Espírito de Deus. 

Posts Recomendados